NOTÍCIAS



Detento é encontrado morto em unidade da UPR, em Pedrinhas


Data da publicação: 04/10/2016
Tamanho da fonte  
Aumentar fonte    Diminuir fonte

Detento é encontrado morto em unidade da UPR, em Pedrinhas

Crime ocorreu na madrugada de ontem e teria sido praticado por presos que estavam no xadrez com a vítima, que foi morta a golpes de faca

 

Nego Boy foi morto em Pedrinhas

Nego Boy foi morto em Pedrinhas (Foto: Divulgação)

Cinco mortes de detentos já ocorreram este ano somente no Complexo Penitenciário de Pedrinhas. A última vítima foi Wanderson Soares Ferreira, o Nego Boy, de 26 anos, que, segundo a polícia, foi encontrado morto na cela 4 do bloco Delta, da Unidade Prisional de Ressocialização (UPR) São Luís 6, antigo Centro de Detenção Provisória, na madrugada de ontem.
O presidiário foi morto a golpes de faca e os principais suspeitos são os seus companheiros de cela. A polícia não soube informar a motivação do crime. O corpo da vítima foi removido para o Instituto Médico Legal (IML), para a autópsia.

Nego Boy foi preso no dia 12 de novembro de 2014 por uma guarnição da 10ª Companhia da Polícia Militar, na cidade de Trizidela do Vale, acusado de praticar assaltos na região. Com ele foi apreendida uma arma artesanal, denominada como garruncha, e vários objetos, possivelmente produtos oriundos de roubos.


Ele foi conduzido para a Delegacia Regional de Pedreiras, onde ficou constatado que havia um mandado de prisão em aberto, pelo crime de assalto.

Apuração
A Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap), por meio de nota, informou que já abriu procedimento para apurar a motivação e circunstância da morte de Wanderson Soares, ocorrida na madrugada de ontem, na cela 4, do Bloco Delta, da Unidade Prisional de Ressocialização (UPR) São Luís 6.

A Seap informou ainda de que, ao ter conhecimento da ocorrência, acionou os peritos do Instituto de Criminalística (Icrim), que realizaram a perícia no local e abriu Processo Disciplinar Interno (PDI) para investigar os detentos que dividiam a cela com a vítima, visando descobrir os culpados.

Mais mortes
Mais três corpos foram encaminhados ao IML nas últimas 24 horas. Um deles foi identificado como Jorge Assunção Furtado, o Jorge Curador, de 53 anos, que segundo a polícia, foi morto na noite de domingo, a golpes de faca desferidos por Raimundo Nonato Sousa Leitão, idade não revelada, na Rua Paraguai, no bairro Anjo da Guarda.

No momento do crime, o acusado estava com uma criança de 1 ano nos braços e teria fugido a pé. A polícia ainda ontem realizou buscas na localidade, mas não conseguiu prendê-lo. O fato está sendo investigado no 5º Distrito Policial, coordenado pelo delegado Walter Wanderley.

Também no domingo ocorreram os assassinatos de Oletiano Sousa, de 48 anos, na Cidade Olímpica, e José dos Remédios Cantanhede Pereira, de 29 anos, na Alemanha. Ambos foram mortos a tiros e a equipe da Superintendência Estadual de Homicídios e Proteção a Pessoas (SHPP) está investigando, mas até a tarde de ontem não havia registro de prisão dos acusados. 

FONTE: imirante.com/OESTADO



 Imprimir      Voltar      Ir ao topo

Nossos Vídeos


Acesse nossos vídeos...

Nossa Localização


Rua dá Primavera, 72| Monte Castelo - São Luís-MA - Fone (98) 3232-1371/3232-0679.