NOTÍCIAS



Fugas no Sistema Penitenciário são armações do pessoal remanescente do período das barbáries, das negociatas e da corrupção.


Data da publicação: 25/01/2016
Tamanho da fonte  
Aumentar fonte    Diminuir fonte

Fugas no Sistema Penitenciário são armações do pessoal remanescente do período das barbáries, das negociatas e da corrupção.

 

         aldir

  Por inúmeras vezes chamei a atenção da nova direção do Complexo Penitenciário de Pedrinhas sobre a vulnerabilidade a que estavam expostas as unidades prisionais com a permanência de pessoal viciado em setores estratégicos. Observei que na cúpula do Sistema Penitenciário foram mantidos com poder de decisão, gestores que tiveram importante participação nos períodos de fugas, barbáries, corrupção e até integraram um comitê gestor, que depois se tornou uma farsa.

           Também chamei a atenção do Governo do Estado, que o Serviço de Inteligência do Complexo Penitenciário de Pedrinhas é omisso, irresponsável e incompetente e concorre decisivamente para as práticas dolosas registradas nas unidades prisionais. Além do pessoal viciado que ainda permanece no sistema, no seletivo realizado foram aprovados elementos que estiveram envolvidos em praticas dolosas dentro de unidades e que os problemas são de conhecimento do Sistema de Inteligência, que é integrado pelo mesmo pessoal do período negro, que fez do Maranhão referência nacional de violência.

           O mais grave em tudo isso é que elementos viciados continuam sendo privilegiados e já demonstram o quanto podem e devem ir muito mais além, diante de incentivos que visam a desestabilização do Complexo de Pedrinhas.

           O governador Flavio Dino, dá demonstrações plenas de que tem receio de apurar a corrupção deslavada praticada dentro do Sistema Penitenciário do Maranhão. Diante das auditorias realizadas pela Secretaria de Transparência e Controle, existe munição para botar inúmeros ladrões na cadeia, que hoje tentam e não conseguem se travestir como pessoas sérias, pelo passado sórdido que o perseguem. Se por acaso o governador autorizar a abertura da caixa preta, muita gente estará altamente complicada e pelo que sei há alguns gatunos irão gritar, como se fossem vítimas de retaliações.

           Inexplicavelmente esta semana foram primeiramente quatro fugas e ontem mais três e todas elas não foram por negligência, mas por facilidades e naturalmente envolvendo corrupção, a exemplo do período passado, quando um bacharel em direito colocado pelo então secretário da Sejap da época para dirigir a Casa de Detenção, que criminosamente negociava saídas de presos e proporcionou a fuga de 03 assaltantes de banco pela porta da frente da unidade prisional.

             Se o Governo do Estado não adotar providências urgentes para retirar os bandidos terceirizados que ainda estão dentro das unidades prisionais, pode enfrentar dificuldades maiores, haja vista que a eliminação de todos do sistema está prevista para setembro, quando entrará o pessoal do seletivo, que também retorna muita gente viciada. É muito tempo e dá para fazer muitos estragos. Prevenir é preciso.

Fonte: Blog do Aldir Dantas



 Imprimir      Voltar      Ir ao topo

Nossos Vídeos


Acesse nossos vídeos...

Nossa Localização


Rua dá Primavera, 72| Monte Castelo - São Luís-MA - Fone (98) 3232-1371/3232-0679.