NOTÍCIAS



Agentes Penitenciários emitem nota de repúdio e ameaçam paralisar atividades


Data da publicação: 12/07/2017
Tamanho da fonte  
Aumentar fonte    Diminuir fonte

r

Agente assassinado na Litorânea

Agentes penitenciários temporários do Maranhão emitiram uma nota de pesar e repúdio após o assassinato de um companheiro de trabalho, no último domingo, na capital.

A categoria expressou sentimentos à família do agente executado friamente na avenida Litorânea e relataram dificuldades do trabalho dentro do Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

Indignados, os agentes cobram providências das autoridades e ameaçam paralisar as atividades. Na nota, eles afirmam que são ameaçados de morte constantemente por membros de facções criminosas presos nas unidades.

Além das ameaças, os agentes reclamam da não permissão do porte de arma fora do local de trabalho e da falta de apoio dos órgãos de segurança. Segundo eles, por qualquer coisa são simplesmente demitidos.

“Nosso secretário de Administração Penitenciária, Murilo Andrade, será que nossa categoria já não demonstrou tamanha responsabilidade no qual a 2 anos nosso sistema prisional vive tempos bons (sic)?”, diz trecho da nota.

É provável que a classe paralise o trabalho nos próximos dias, aumentando o caos dentro do sistema carcerário do Maranhão.

Em tempo: Os agentes penitenciários temporários foram contratados pelo governo Flávio Dino por meio de seletivo e não possuem o mesmo direitos dos agentes concursados.

Veja abaixo a nota completa:

 



 Imprimir      Voltar      Ir ao topo

Nossos Vídeos


Acesse nossos vídeos...

Nossa Localização


Rua dá Primavera, 72| Monte Castelo - São Luís-MA - Fone (98) 3232-1371/3232-0679.