NOTÍCIAS



Mais dois assassinatos e dois túneis escavados no Complexo de Pedrinhas. A omissão das autoridades é vergonhosa


Data da publicação: 01/07/2014
Tamanho da fonte  
Aumentar fonte    Diminuir fonte

 

Mais dois assassinatos e dois túneis escavados no Complexo de Pedrinhas. A omissão das autoridades é vergonhosa

 

 
 

CADEIA

Tenho constantemente chamado a atenção das autoridades para a iminência do registro de mais barbáries no Complexo Penitenciário de Pedrinhas. Para a governadora Roseana Sarney, o que vier a ocorrer sejam mortes ou fugas, a indiferença e a omissão continuarão inalteradas. Para os demais segmentos dos poderes constituídos, quer sejam públicos ou da sociedade civil organizada não difere em nada do executivo estadual. A banalização da vida também já foi incorporada até mesmo pela Pastoral Carcerária do Maranhão, se ainda existe, e é independente, e tem a profissão de fé de defender os direitos humanos e a dignidade da pessoa, dentro dos cárceres,deve estar totalmente submissa e comprometida

Até há pouco tempo, mesmo com a indiferença do Governo do Estado, de promotores públicos e juízes das varas das execuções criminais e do invisível Comitê de Gestão Integrada, a Seccional do Maranhão da Ordem dos Advogados do Brasil e a Sociedade Maranhense de Direitos Humanos conseguiam ecoar as suas palavras de justiça, mas parece que calaram e nem sussurros se vê mais.

Por pouco não teríamos hoje em São Luís, mais uma vez a imprensa nacional e internacional, diante do sério risco de fuga de mais de 180 detentos do presidio São Luís 2. Eles chegaram cavar um túnel na cela 17 e pelo local eles fugiriam e dispostos a tudo, caso viessem a ser surpreendidos fora do presidio. Há suspeitas de que inúmeros deles teriam suporte armado do lado de fora.

Com a destruição constante de pavilhões pelos próprios presos em algumas unidades do Complexo de Pedrinhas, e sem as devidas e as necessárias providências por parteda direção da Secretaria de Justiça e Administração Penitenciária, além dos consideráveis prejuízos para os cofres públicos, os presos impõem regras para se movimentarem sem quaisquer restrições por parte da segurança interna.

 

Mais dois assassinatos e túnel escavado no Cadeião do Diabo

 

 

Os assassinatos e as escavações de túneis voltaram a ser intensificados dentro do Complexo Penitenciário de Pedrinhas, em razão da fragilidade da segurança interna, as precariedades doserviço de inteligência e do videomonitoramento e principalmente pela inexistência  de gestão com capacidade técnica para o exercício profissional no sistema penitenciário. Um preso que foi autuado em flagrante no plantão do Cohatrac e depois conduzido para o Centro de Triagemde Pedrinhas, amanheceu ontem morto, com características de enforcamento. Hoje no Cadeião do Diabo, como é conhecido o Centro de Detenção Provisória, outro foi morto violentamente. O grupo do GEOP que detectou ontem um túnel do Presidio São Luís 2, também encontrou hoje outro, já completamente concluído e pronto para fuga no Cadeião do Diabo. Com a morte de hoje no CDP, eleva para 12 o número de presos mortos dentro do Sistema Penitenciário de São Luís.

Se existe um responsável maior por todos os fatos registrados dentro das prisões e de maneira cruel os assassinatos, não tenhamos dúvidas que é o Governo do Estado, que já banalizou a vida e conta com a parceria do Governo Federal que criou o Comitê de Gestão Integrada para garantir a violência dentro das unidades prisionais do Complexo Penitenciário de Pedrinhas.

FONTE: BLOG DO ALDIR DANTAS



 Imprimir      Voltar      Ir ao topo

Nossos Vídeos


Acesse nossos vídeos...

Nossa Localização


Rua dá Primavera, 72| Monte Castelo - São Luís-MA - Fone (98) 3232-1371/3232-0679.