NOTÍCIAS



Detento é morto a golpe de faca em presídio de Timon


Data da publicação: 27/03/2014
Tamanho da fonte  
Aumentar fonte    Diminuir fonte

 

Detento é morto a golpe de faca em presídio de Timon

Vítima estava no banho de sol quando foi esfaqueads por um colega de cela.

 

Timon - Mais um detento do sistema prisional maranhense foi morto dentro de uma unidade prisional. Desta vez, o crime ocorreu na segunda-feira (24), na Unidade Prisional de Ressocialização Jorge Vieira, em Timon, e a vítima foi Antônio André de Sousa Santana, natural do estado do Piauí, que respondia por furto, roubo e tráfico de drogas, de acordo com as informações da Secretaria de Justiça e Administração Penitenciária (Sejap). Somente este ano é o quinto homicídio em presídios do estado.

Antônio André de Sousa Santana foi morto a golpes de faca no peito e nas costas desferidas pelo companheiro de cela Lediano Alves Feitosa. O delegado da Delegacia de Homicídio de Timon. Ricardo Freire informou que os internos estavam tomando banho de sol quando Lediano Alves desferiu os golpes de faca na vítima. Formou-se, então, uma confusão levando os agentes penitenciários dispararem alguns tiros para o alto para intimidar os presidiários. Logo em seguida, todos foram recolhidos para as suas celas.

Antônio André Sousa ainda foi levado com vida para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Timon, mas, não resistiu aos ferimentos. O suspeito, segundo o delegado, vai responder por homicídio. Ele já tem uma condenação de 28 anos em regime fechado por outro homicídio e roubo. O presidiário confessou ter matado o colega de cela pelo fato da sua irmã ter sido assaltada por ele, em 2008.

A assessoria de comunicação da Sejap informou que ficou sabendo do homicídio de Antônio Sousa apenas na manhã de ontem e que vai ser aberta uma sindicância para apurar o fato, inclusive para saber a procedência do objeto perfurante.

 

Outras mortes – Cinco mortes ocorreram este ano no sistema prisional do Maranhão. No dia 2 de fevereiro, a vítima foi o interno Pedro Elias Martins Viegas, de 31 anos. Ele cumpria pena por tráfico de drogas e foi estrangulado em uma cela do Centro de Detenção Provisória (CDP) de Pedrinhas.

No segundo dia de janeiro, a Sejap confirmou duas mortes. Sildener Pinheiro Martins, de 19 anos, que foi encontrado morto em uma cela do Centro de Detenção Provisória, e Josivaldo Pinheiro Lindoso, de 35 anos, no Centro de Triagem, para onde tinha sido levado dois dias antes. Em 21 de janeiro, a secretaria confirmou a morte, por enforcamento, de Jô de Souza Nojosa, que cumpria pena no Centro de Custódia de Presos de Justiça (CCPJ), de Pedrinhas.

 

FONTE : JORNAL O ESTADO DO MARANHÃO

 


 Imprimir      Voltar      Ir ao topo

Nossos Vídeos


Acesse nossos vídeos...

Nossa Localização


Rua dá Primavera, 72| Monte Castelo - São Luís-MA - Fone (98) 3232-1371/3232-0679.