NOTÍCIAS



Assassinatos, fugas e escavações de túneis avançam nos chiqueiros do Sistema Penitenciário


Data da publicação: 19/03/2014
Tamanho da fonte  
Aumentar fonte    Diminuir fonte

 

Assassinatos, fugas e escavações de túneis avançam nos chiqueiros do Sistema Penitenciário

 


 

 presosO que você vê pode acontecer a qualquer momento no Complexo de Pedrinhas

Com a exceção do mutirão carcerário, de pouco ou nada adiantou a criação do Comitê de Gestão Integrada para o Sistema Penitenciário. Os contratos espúrios e enlameados pela corrupção deslavada para a prestação de serviços terceirizados continuam prevalecendo, assim como convênios vergonhosos. O Complexo Penitenciário de Pedrinhas, mais conhecido como chiqueiro, segundo um desembargador do Tribunal de Justiça, continua o mesmo, e até hoje ainda não prevaleceram cobranças feitas pelo Conselho Nacional de Justiça e pelo Ministério Público, no sentido de torná-lo menos indigno. O ridículo para a realidade é que a Secretaria de Justiça e Administração Penitenciária, desesperadamente tenta mudar o foco do Sistema Carcerário, mediante ações evasivas, até mesmo pela fragilidade de como ocorrem e por não dispor de público penitenciário para a inserção. Se nas unidades intituladas de ressocialização, que se subtende ser integradas por detentos em estágio de preparação para a reinserção social, estão ocorrendo fugas e mortes, o que se esperar da maioria da população carcerária que habita em chiqueiros?  Se a governadora Roseana Sarney tivesse um mínimo de sensibilidade para ver de perto a situação da população que vive no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, com certeza não teria dúvidas em identificar, que ali estão sendo preparados homens e mulheres para retornarem à sociedade, mais dolosos e decididos a se vingar dos maus-tratos sofridos, nos cidadão e cidadãs integrantes do todo o contexto da sociedade.

 

                Se o Sistema Penitenciário teve que devolver ao governo federal mais 20 milhões de reais por não ter competência para aplicá-lo de maneira transparente, o recente prazo perdido para receber recursos de 900 mil reais do Departamento Penitenciário Nacional – DEPEN, para a aplicação em um sistema de monitoramento para presos provisórios foi apenas um troco e naturalmente no projeto não conseguiram encaixar prepostos, dai é que deixem tudo se lascar. Mais uma vez a governadora Roseana Sarney, deixa claro que vive momentos de fracassos e que perdeu totalmente o controle do poder executivo e nota-se plenamente que existem dentro da máquina administrativa guetos para todos os lados, como o que está querendo desempregar muita gente naCaema.

               Apesar das inúmeras tentativas do Sistema Penitenciário tentar passar para a sociedade, de que tudo está bem e que as unidades do Complexo de Pedrinhas estão adquirindo progressos, os perigos são cada vez maiores. Há pouco mais de uma semana a Policia Militar evitou um confronto entre as duas maiores facções recolhidas a pavilhões da Central de Custódia de Presos de Justiça, que poderia resultar em dezenas de mortes. Quanto a escavação de túneis dentro das unidades prisionais, se tornou comum, e quase todos os dias a Policia Militar é acionada para fazer revistas, recolhendo também armas brancas e de vez em quando, de fogo e celulares.

              Com a retirada de agentes e inspetores penitenciários das unidades prisionais, que segundo é dito dentro da Secretaria de Justiça e Administração Penitenciária, teria sido por ordem expressa da governadora Roseana Sarney, o que será do Sistema Carcerário, quando a Policia Militar e a Força Nacional tiveram que deixar o local? Infelizmente, o Ministério Público e o Tribunal de Justiça como membros integrantes do Comitê de Gestão Integrada, devem se submeter aos caprichos de desrespeito a Lei das Execuções Penais, o que é bastante lamentável.

FONTE: BLOG DO ALDIR DANTAS



 Imprimir      Voltar      Ir ao topo

Nossos Vídeos


Acesse nossos vídeos...

Nossa Localização


Rua dá Primavera, 72| Monte Castelo - São Luís-MA - Fone (98) 3232-1371/3232-0679.