NOTÍCIAS



“O sistema é f*...da”!


Data da publicação: 10/02/2014
Tamanho da fonte  
Aumentar fonte    Diminuir fonte

 “O sistema é f*...da”! 

 
Dois vianenses, Antonio Benigno Portela e Cézar Castro Lopes, o Cezar Bombeiro, respectivamente, presidente e vice-presidente do Sindspem – Sindicato dos Agentes Penitenciários - estão no fogo cruzado da crise do sistema carcerário do Maranhão.

Algumas ressalvas: na época do governo Jackson Lago (falecido), antes de ser destronado por Roseana Sarney e o seu famigerado grupo político, Bombeiro, então presidente do Sindspem, era – para o grupo oligárquico -, um competente e atuante presidente da categoria, então desprezada e maltratada no governo pedetista. O sindicalista vivia nas páginas do Jornal O Estado do Maranhão e, dava entrevista a qualquer hora do dia para a TV Mirante, desde que fosse para detonar a bagunça do sistema prisional, quando houvesse motim, crises e ou até mesmo decapitações, rotina do presídio de Pedrinhas.

Pois bem, agora, alçado ao cargo de presidente do Sidspem, com apoio de Cézar Bombeiro, Antonio Portela também engrossou o caldo dos inimigos da Sejap – secretaria de Administração Penitenciária, comandada por Sebastião Uchôa, inimigo de carteirinha de Bombeiro. Os dois trocam chumbo-grosso nos tribunais e, essa guerra particular parece não ter prazo para terminar. 

O inimigo agora é outro...

 

 
Uchôa - intocavel na Sejasp

Como um trailer as avessas do enredo do filme Tropa de Elite 2, o Sindspem virou o inimigo número um do “sistema” (leia-se grupo Sarney). Se o sistema carcerário do Maranhão, a exemplo do resto do Brasil, se transformou em um labirinto de horrores, com carnificinas já divulgadas no mundo todo, por outro lado, a Sejasp é um oásis financeiro, cobiçado por muita gente ligada à segurança estadual.

Isso por ser uma pasta robusta de recursos, que pode até dispensar licitações para compra e/ou contratações, dependendo da necessidade e, sem ser incomodado nem pelo legislativo, pelo judiciário, tampouco pelo executivo, que é quem nomeia o gestor.

A imprensa nacional pegou pesado nessa questão, ou seja, os contratos milionários com apadrinhados e sócios dos donos do poder para fornecer serviços de vigilância e também para fornecer aquelas quentinhas com carne crua e baratas misturadas, que os presos dispensam e jogam no corredor. 

O(s) “eleito”(s) 

Mas, se o leitor ainda não atentou, assim como no enredo do filme Tropa de Elite 2, existe sempre os escolhidos políticos no meio dessa crise para virarem  “eleitos”,seja para a Assembleia Legislativo ou para a Câmara Federal. Ou alguém duvida de o fato do Secretário de Segurança, Aluizio Mendes, ser intocável com toda essa carnificina tem a ver com uma futura candidatura na próxima eleição? Captou?

E por onde sairiam os recursos para uma campanha milionária, com eleição certa? Ganha uma lua de mel em Pedrinhas quem adivinhar! 

Pega, mata e come. O “sistema” contra ataca!

Cézar Bombeiro (foto) é vice-presidente do SINDSPEM e teve sua portaria de liberação para desempenho de mandato classista revogada pelo secretário Sebastião Uchôa, por pura retaliação. O ato fere gravemente a lei, pois a liberação é um direito legítimo assegurado pela Constituição Estadual do Maranhão, em seu Art. 19, parágrafo 8º: ‘‘O servidor público eleito para o cargo de direção de órgão de representação profissional da categoria será automaticamente afastado de suas funções, na forma da Lei, com direito à percepção de sua remuneração’’.

Liana é Servidora Pública Estadual, lotada no Sistema Penitenciário do Estado há mais de 10 (dez) anos, exercendo suas funções na Central de Custódia de Presos da Justiça (CCPJ). É também sindicalista, diretora do SINDSPEM (Sindicato dos Servidores do Sistema Penitenciário do Estado do Maranhão) e sofreu redistribuição, para integrar o quadro da Secretaria de Estado da Saúde, num ato que encerra nulidade, ofende princípios administrativos, gera desvio de função e atinge o exercício legítimo da prática sindical.

Com apenas duas canetadas, o Estado violou a Constituição Federal, que “estabelece prerrogativa a favor do servidor público civil que seja dirigente sindical, a fim de que este desempenhe na plenitude as funções decorrentes da associação sindical, sem o receio de remoções por desagrado que a atividade possa gerar ao administrador”; a Constituição Estadual, que garante a liberação do servidor público para cumprimento de mandato sindical; e feriu o Estatuto do Servidor Público Estadual, que garante, em seu art. 282, inamovibilidade do dirigente sindical até um ano após o final do seu mandato. E mesmo que a servidora não fosse dirigente sindical, sua redistribuição seria questionável, visto que o mesmo Estatuto, no seu artigo 45, parágrafo 1º, determina que “a redistribuição dar-se-á exclusivamente para ajustamento de quadros de pessoal às necessidades dos serviços, inclusive nos casos de reorganização, extinção ou criação de órgão ou entidade”, o que não ocorre no caso desta servidora.

Ao contrário, para redistribuir a servidora Liana Mara e revogar a liberação do servidor Cézar Bombeiro não houve sequer demonstração de motivo, apresentação de circunstâncias plausíveis para justificar os atos, ou seja, fica muito claro a intenção de punir e perseguir, além de intimidar a prática sindical, justamente num momento em que o Sindicato em questão está travando um debate muito forte acerca dos acontecimentos no sistema penitenciário, que tanto expuseram o Governo do Estado, e tinha terminado de realizar um ato público para que fossem esclarecidas as acusações feitas contra agentes penitenciários. Fonte: SINTSEP-MA

O Sidspem está travando uma luta de Davi contra Golias, e, sem apoio da grande imprensa estadual e também da mídia comprada, ficou acuado na defensiva, enquanto nos labirintos das prisões e do poder, os acordos espúrios, as fugas e as decapitações continuam sendo tramadas.O categoria do agentes penitenciários, assim como as outras, tem suas maçãs podres, tem falhas e. também muita falta de apoio e reconhecimento por parte do governo do estado.

Como já citamos e como diria o Capitão Nascimento: o “sistema” é ..........., livre pra você completar! 

FONTE: BLOG VIANENSIDADES









 Imprimir      Voltar      Ir ao topo

Nossos Vídeos


Acesse nossos vídeos...

Nossa Localização


Rua dá Primavera, 72| Monte Castelo - São Luís-MA - Fone (98) 3232-1371/3232-0679.