NOTÍCIAS



Deputado responsabiliza Roseana Sarney por crise nos presídios do Maranhão


Data da publicação: 08/01/2014
Tamanho da fonte  
Aumentar fonte    Diminuir fonte

 

Deputado responsabiliza Roseana Sarney por crise nos presídios do Maranhão

  • Domingos Dutra diz que estado não construiu presídios e devolveu valores liberados pelo governo federal


BRASÍLIA - O ex-presidente da CPI do Sistema Carcerário, deputado Domingos Dutra (SDD-MA), Dutra avalia que a explosão da violência no complexo penitenciário de Pedrinhas e outros presídios do Maranhão é o resultado de problemas antigos das cadeias locais que teriam sido negligenciados pela governadora Roseana Sarney. No recente histórico de horrores dos presídios do Maranhão, Dutra lembra que em 2010, numa rebelião em 2010 no presídio de Pedrinhas 18 presos foram mortos, três deles decapitados. Em 2011, mais 13 presos foram assassinados e quatro deles tiveram as cabeças decepadas em rebeliões nos presídios de Pedrinhas e de Pinheiros. Em meio à comoção por tantas mortes, o ministro da Justiça, José Eduardo Cardozo anunciou a liberação de R$ 20 milhões para a construção de dois novos presídios.

- Mas em agosto do ano passado, a governo do estado teve que devolver o dinheiro por falta de projeto técnico - disse Dutra.

Segundo ele, a governadora sabia da gravidade da situação, mas não teve disposição e nem interesse em enfrentar a questão. Dutra é um dos principais adversários políticos da governadora.

- Essa crise de hoje é uma tragédia anunciada. Em 2009, nós da CPI visitamos aqui no Maranhão e constatamos tudo o que está acontecendo hoje. O presídio de Pedrinhas está entre os dez piores do país - afirmou o deputado.

O deputado disse ainda que, em 2011, Roseana chegou a anunciar a construção ou a conclusão de presídios em Bacabal, Pinheiros, Chapadinha e Imperatriz para abrir pelo menos 1.500 vagas e aliviar, pelo menos em parte, a pressão da superlotação dos presídios existentes. Mas, segundo o deputado, nenhuma das promessas saiu do papel porque a governadora teria pouca disposição para o trabalho.

- A primeira coisa a fazer para resolver a crise é a governadora governar. Roseana passa as noites jogando baralho - afirma o deputado.

O Ministério da Justiça confirmou a devolução de quase R$ 22 milhões pelo governo do Maranhão ano passado. A verba deveria ter sido usada para a construção de um presídio. Segundo um funcionário do ministério, o dinheiro teve que retornar aos cofres federais porque o projeto apresentado pela equipe de Roseana não atendia as exigências técnicas. Ainda não há outro projeto aprovado para substituir a proposta anterior.

FONTE: O GLOBO

 






 Imprimir      Voltar      Ir ao topo

Nossos Vídeos


Acesse nossos vídeos...

Nossa Localização


Rua dá Primavera, 72| Monte Castelo - São Luís-MA - Fone (98) 3232-1371/3232-0679.