NOTÍCIAS



Geop escolta cerca 600 presos em audiências no Fórum em menos de dois meses‏


Data da publicação: 30/05/2012
Tamanho da fonte  
Aumentar fonte    Diminuir fonte

Geop escolta cerca 600 presos em audiências no Fórum em menos de dois meses
 

O Grupo de Escolta e Operações Penitenciárias do Maranhão (Geop) realizou em menos de dois meses quase 600 acompanhamentos de presos de justiça em audiências na capital e no interior do Estado. No período de 1º de abril a 18 de maio, o Geop escoltou 580 presos, sendo 508 internos na capital e 72 detentos no interior do Maranhão.

A escolta dos detentos do Sistema Prisional serve para que os processos judiciais tenham celeridade e para que o preso possa acompanhar todas as audiências no Fórum. Os integrantes do Geop antes de conduzir os presos para as audiências têm acesso ao ofício de requisição do recluso, para fazer a escolta nos horários solicitados pelo Fórum.

Criado há 4 anos pelo Governo do Estado do Maranhão, para auxiliar na segurança dos presídios, o Geop é coordenado pelo Ricardo Delmar Batalha e Marcos Robson Travassos, e atualmente possui 30 integrantes que foram treinados no rigoroso processo de capacitação com orientação de policiais da Força Nacional de Segurança. Para o Secretário de Justiça e Administração Penitenciária (Sejap), Sergio Tamer, o Geop veio para somar com o Sistema de Segurança. “O grupo foi bem treinado e atua no combate e resolução de conflitos nos presídios e nas escoltas para audiências, além de reforçar a segurança no Sistema Prisional”, afirmou Sergio Tamer.

O Geop é responsável pela mediação de conflitos nas unidades prisionais, com a retirada de presos para fazer revistas nas celas, pela garantia do reforço na segurança dos presídios e pelo apoio em todos os pavilhões do Complexo Penitenciário de Pedrinhas. “Com a presença do Geop fica mais fácil mediar conflitos em caso de ocorrência. Uma vez que o grupo está dentro do complexo penitenciário de Pedrinhas”, destacou Fredson Maciel, superintendente da Superintendência de Controle e Execução Penal (SCEPC) da Sejap.

Em maio de 2011, o Grupo de Escolta e Operações Penitenciárias (GEOP) participou de um treinamento operacional durante 20 dias na Penitenciária de Pedrinhas. Durante a capacitação, os integrantes do Geop colocaram em pratica o curso de escolta oferecido pela Força Nacional em 2010.

Os trinta agentes foram capacitados em defesa pessoal, armamentos não letais, prevenção de emboscada e tiveram orientação sobre escolta urbana e rural.

Atuação - No mês de fevereiro desse ano, o Geop evitou uma fuga em massa, na Casa de Detenção (Cadet 2), um dos prédios anexos a o Complexo Penitenciário de Pedrinhas. Na oportunidade, o grupo apreendeu durante uma vistoria de rotina, artefatos que seriam usados na fabricação de bomba caseira.

Os integrantes do Geop encontraram num fundo falso de uma marmita, uma banana de dinamite e pólvora, que estava sendo transportada por Gerlane dos Santos Pereira, 22 anos, mulher de um dos presos.

FONTE:
www.sejap.com.br



 Imprimir      Voltar      Ir ao topo

Nossos Vídeos


Acesse nossos vídeos...

Nossa Localização


Rua dá Primavera, 72| Monte Castelo - São Luís-MA - Fone (98) 3232-1371/3232-0679.