NOTÍCIAS



Centro de Ressocialização Regional de Santa Inês será inaugurado 3ª-feira


Data da publicação: 12/03/2012
Tamanho da fonte  
Aumentar fonte    Diminuir fonte

O Centro de Ressocialização do município de Santa Inês, localizado na Rua da Barreirinha, vai ser inaugurado na terça-feira (13). O presídio, atualmente, possui capacidade para abrigar 60 detentos, e uma cela está sendo construída para receber mais vinte presos de Justiça, o que vai ampliar para 80 o número de vagas.

Segundo a Secretaria de Estado de Justiça e Administração Penitência (Sejap), a unidade prisional vai abrigar detentos de Santa Inês que foram transferidos para São Luís, além de presos das delegacias daquela cidade e dos municípios de Bom Jardim e Pio XII.

De acordo com o superintendente de Controle e Execução Penal do Interior, da Sejap, Alfrânio Martins Feitosa, a entrega do Centro de Ressocialização é o cumprimento de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC), firmado com o Poder Judiciário. “Estamos cumprindo um dos objetivos da Sejap, de transferir os presos do interior do estado, que estão em São Luís, para próximo de suas famílias e diminuir o problema da superlotação nas unidades prisionais da capital, possibilitando ao apenado o cumprimento de sua pena de forma mais digna”, afirmou.

Alfrânio Martins Feitosa informou que, das 60 vagas, 40 serão ocupadas por presos de Santa Inês, que foram remanejados para as unidades prisionais de São Luís, para a realização das obras naquele município. O Centro de Ressocialização possui dez celas, banho de sol, solares, sala de saúde e setor administrativo.

O superintendente disse que, neste fim de semana, foram transferidos 41 detentos, que estavam no Complexo Penitenciário de Pedrinhas; e que, ainda nesta semana, será feita a transferência dos demais. “Os presos foram conduzidos para Santa Inês por homens do Grupo de Escolta e Operações Penitenciárias (Geop), tendo à frente o coordenador Ricardo Delmar”, contou Feitosa. 

De acordo com o diretor do Centro de Ressocialização, Luís Henrique Sena de Freitas, as obras foram concluídas pela empresa GS Edificações, que assumiu a construção após a primeira empresa contratada não cumprir com o acordo firmado.

Outros centros – As obras dos centros de ressocialização de Rosário e Bacabal estão em ritmo acelerado, com previsão de serem entregues ainda neste ano, para minimizar o problema da superlotação dos presídios de São Luís. Outras reformas estão sendo realizadas nas unidades prisionais de Pedreiras, Chapadinha, Açailândia, Caxias (Casa de Albergue e CCPJ), Timon, Imperatriz (CCPJ e Casa de Albergue), Davinópolis e na capital maranhense. Com isso, o sistema penitenciário deve criar mais 500 vagas.


FONTE : JORNAL O ESTADO DO MARANHÃO



 Imprimir      Voltar      Ir ao topo

Nossos Vídeos


Acesse nossos vídeos...

Nossa Localização


Rua dá Primavera, 72| Monte Castelo - São Luís-MA - Fone (98) 3232-1371/3232-0679.