NOTÍCIAS



Dois detentos iriam explodir muro de presidio para fugir


Data da publicação: 02/02/2012
Tamanho da fonte  
Aumentar fonte    Diminuir fonte

 (REPRODUÇÃO)Gerlane dos Santos, de 21 anos, flagrada tentado entrar com uma dinamite no Complexo Penitenciário de Pedrinhas, nesta quinta-feira (2), foi interrogada pela Superintendência Especial de Investigações Criminais (Seic).
De acordo com o depoimento de Gerlane, ela é companheira de Hernando Rodrigues Nascimento, de 20 anos, natural da cidade de Trizidela do Vale. Ele cumpre pena em São Luís por tráfico de drogas e homicídio.
O explosivo levado por Gerlane seria para realizar uma fuga, onde Henando e outro comparsa, identificado como Diego Cristiano Alves, de 25 anos, iriam explodir um dos muros da penitenciária para fugir.

Diego Cristiano foi preso por arrobamento de caixas eletrônicos no interior do Maranhão. Mesmo que eles não dividiam cela, mas arquitetaram a fuga juntos. A polícia ainda não sabe se mais detentos iriam participar do plano de explosão e fuga.

Gernale dos Santos, após o depoimento, deverá ser encaminhada para a ala feminina da CCPJ do bairro do Anil. Ela vai ser indiciada por porte de explosivo e tentativa de explosão.

Os dois detentos, Henando Nascimento e Diego Alves, vão responder só por tentativa de explosão, o que deve atenuar ainda mais na pena dos presos.

Prisão de Gerlane
A prisão de Gerlane foi por volta das 8h30. Ela foi ao Centro de Triagem de Pedrinhas, e se dirigiu para a área de segurança máxima do presídio com a desculpa de levar uma refeição para o marido.

A quentinha que a acusada transportava teria que passar por uma revista de costume, realizada por dois agentes penitenciários. Ao perceberem que tinha um fundo falso, os agentes abriram e encontraram a banana de dinamite. 

O IMPARCIAL



 Imprimir      Voltar      Ir ao topo

Nossos Vídeos


Acesse nossos vídeos...

Nossa Localização


Rua dá Primavera, 72| Monte Castelo - São Luís-MA - Fone (98) 3232-1371/3232-0679.