NOTÍCIAS



Chagas tenta escapar de presídio por um buraco


Data da publicação: 06/01/2012
Tamanho da fonte  
Aumentar fonte    Diminuir fonte

SÃO LUÍS - O mecânico Francisco das Chagas Rodrigues de Brito, de 45 anos, serial killer conhecido pelo Caso dos Meninos Emasculados, nos estados do Maranhão e Pará, tentou fugir na manhã desta terça-feira (3) do presídio São Luís de Segurança Máxima, em Pedrinhas. O preso, que responde a 40 homicídios praticados entre 1991 e 2004 e que já foi condenado há mais de 300 anos pelos crimes cometidos, segundo a Secretaria Adjunta de Estabelecimento Penais, teria feito um buraco, aproveitando o ralo de um dos banheiros da cela 3 do Pavilhão Especial.

 

A fuga foi frustrada por meio de um interno que discretamente avisou aos agentes acerca do que estava acontecendo. O efetivo da unidade prisional deslocou-se até o pavilhão e retirou, além de Francisco das Chagas, outros dois detentos que participariam do plano de evasão. Os dois foram identificados como Maciel Cutrim Alves e Carlos Henrique F. Mondego. Todos foram levados para o Bloco Reflexão, onde já cumprirão sanção disciplinar de 10 dias. O secretário João Bispo Serejo informou que o pavilhão ficará fechado para manutenção.

 

Francisco das Chagas já soma mais de 300 anos de reclusão. Seu título de maior serial killer (assassino em série) do país foi dado em virtude de ele responder pela morte e mutilação de 44 meninos, sendo 30 casos registrados na Região Metropolitana de São Luís e 14 na cidade de Altamira, no estado do Pará. O roteiro macabro do mecânico de bicicletas só foi revelado após a descoberta de três corpos ocultados por ele em sua própria casa. Em um dos últimos julgamentos de Chagas, o réu foi condenado a mais de 51 anos de prisão.

Imirante



 Imprimir      Voltar      Ir ao topo

Nossos Vídeos


Acesse nossos vídeos...

Nossa Localização


Rua dá Primavera, 72| Monte Castelo - São Luís-MA - Fone (98) 3232-1371/3232-0679.